sexta-feira, 7 de agosto de 2009

'Liberdade é pouco.'

Ser livre é poder mostrar a língua quando eu quiser!



"Liberdade é pouco. O que eu desejo ainda não tem nome."
(Perto do Coração Selvagem- Clarice Lispector)


Trecho do Livro Perto do Coração Selvagem, da Clarice Lispector.
Maravilhoso o livro, todo mundo deveria ler.

E essa frase dele é bem conhecida.

Lembro que a primeira vez que eu li, vi que eu sempre tinha desejado isso.

Desejado essa coisa que não se chama liberdade, que vai além!

Parando pra pensar, eu percebi que nós nunca somos totalmente livres.

Estamos sempre sendo limitados: limitados pelo que a sociedade diz ser aceitável ou não, limitados por nossos medos, limitados pelo outro, limitados por nós mesmos.

A personagem de "Perto do Coração Selvagem" passa a vida tentando se libertar, tentando achar essa coisa, , tentando entender o que é realmente isso.

Já disse a própria Clarice Lispector:


"Porque há o direito ao grito.

Então eu grito."

Também não sei o nome, mas pra mim é gritar sem ter que ter motivo.

É rir quando me dá vontade.

É chorar quando me dá vontade também.

Pra mim, é não ter que fingir um gostar e nem um desgostar.

É amar quem eu quiser, porque eu quiser.

Não ter que justificar esse amor.

E poder gritar ele bem alto!

É poder ser criança quando eu quero.

É poder dançar como se ninguém tivesse olhando.

Poder decidir por mim o que é certo e o que é errado.

É 'não ter a limitação de viver apenas do que é passível de fazer sentido,

poder inventar minha própria realidade'.

Tem uma música do Claudio Zoli que eu adoro, e ela tem tudo a ver com tudo o que eu disse:


Livre para Viver

Claudio Zoli


Viver é bom demais
Ninguém vai me prender
Eu não me escravizei,
Nem me entreguei a você

Sou livre para amar,
Louco pra viver esse amor
Sou livre pra voar porque
Não me importa o céu azul, ou blue
Sou livre pra pensar,
Eu não devo nada a ninguém,
E a liberdade, é tudo que eu sonhei,
Eu vou viver, eu juro.

Faço minhas as palavras dele:
'Sou livre e vou viver, eu juro'.


Um comentário:

  1. o conceito de liberdade é realmente muito lindo, mas chego a me perguntar se não seria uma utopia. O que a gente conhece de liberdade não é o que de fato há no conceito.. mas não podemos deixar de tentar chegar lá né? ainda mais quando se tem em mãos os alicerces de Clarice Lispector..

    ResponderExcluir