terça-feira, 26 de maio de 2009

Amor é tudo o que nós precisamos?

Ouvindo, na minha opnião, uma das melhores músicas já feitas, comecei a pensar (músicas sempre me fazem pensar) sobre o amor.
All you need is love, dos Beatles.
Tentei por o video, mas não carregou de jeito nenhum,então procurem no Youtube:
All you need is love - Beatles / Leandro Coda.
Essa versão é do Leandro Coda, um amigo que eu espero que não se importe por eu ter usado ela aqui! Escolhi ela porque ele canta muito bem e porque adoro as fotos, super pessoais!
Mas voltando a falar sobre o que eu pensei, a música diz que tudo o que precisamos é de amor, que tudo pode ser feito se existir amor.
Mas será que hoje em dia, com o egoísmo, o desapego e as relações casuais tão em alta, isso ainda vale?
E não estou me referindo somente ao amor romântico, mas ao amor em geral: Amor entre pais e filhos, entre amigos, amor pelo bichinho de estimação, amor a si próprio.
Mas amor de verdade, sólido, firme e incondiconal, (podem me chamar de romântica, mas pra mim, amor é incondicional!) não esse "eu te amo" banalizado tão presente hoje.
Há uns dias vi no Orkut uma comunidade: "Eu te amo não é bom dia", falando justamente sobre essa facilidade que as pessoas tem em "amar" umas as outras.
Concordo totalmente! Amor de verdade não nasce em um dia, uma semana um mês, ele é construído.
Amor é o que eu sinto pela minha mãe, que apesar de termos muitas diferenças e nem sempre nos entendermos em tudo, me entende e me ama do jeito que eu sou.
Pelo meu pai, de quem eu herdei a personalidade e por isso termos nossos desentendimentos também, faz o que pode e o que não pode pra me proteger e pra me ver feliz.
Pelo meu irmão, que é ciumento ao extremo, mas que sem ele eu não vivo!
Amor é o que existe entre um casal amigo meu ja faz algum tempo: São totalmente diferentes um do outro, provavelmente não tem nada em comum, mas admiram um ao outro, se entendem e realmente se completam.
Então respondendo a minha própria pergunta: O amor é sim tudo o que nós precisamos! Por mais clichê que possa parecer, é a mais pura verdade.
O amor verdadeiro, incondicional, que nos faz bem, que nos muda pra melhor, nos traz tranquilidade, esse amor é sim fundamental à nossa vida (pelo menos à minha, é!)
Amor pra nos ajudar a aguentar nosso dia-a-dia, pra não nos deixar desistir na primeira dificuldade, e nem na segunda e na terceira, quarta (porque virão muitas, pode acreditar).
Então o que eu desejo, pra mim e pra todos, citando outra música que eu adoro, é 'que quando estiver bem cansado, ainda exista amor pra recomeçar.'

2 comentários:

  1. Sim, concordo. Amor é tudo o que vc precisa. As pessoas hoje em dia estão agindo de forma totalmente equivocada. Mas perceba que elas não são parametro para nada, a não ser para o que representa a alienação e controle social. Vc falou bem sobre o amor incondicional, mas esqueceu do mais importante (na minha opinião)... o AMOR PRÓPRIO. O amor próprio foi criminalizado intensiosamente. Os comandantes do mundo não querem que as pessoas gostem e valorizem a si mesmas, porque isso as tranformariam em forças perigosas às suas metas de controle social total. Quem acredita em si mesmo, pode tudo. Hoje em dia, as pessoas se sentem meros servos de Deus. E possuem um destino divino, escrito por ele. BESTEIRA. É preciso abrir os olhos para a realidade. Ame a si mesmo acima de tudo.

    ResponderExcluir
  2. Cesar e Fran - o casal acima citado....ahahah...26 de maio de 2009 10:25

    Nossa Naty, valeu pela lembrança... é a mais pura verdade. Mas mudando de assunto...porque tu não escreve um livro?? Posso sr seu empresário.. hahahaha... bjos!!

    ResponderExcluir